Cozinhas dançantes



And those who were seen dancing were thought to be insane by those who could not hear the music.” - Friedrich Nietzsche.



Há poucas coisas melhores do que música. É extraordinário o poder que tem em nós, de nos fazer bater o pé, trautear, cantar bem alto, dançar desenfreadamente, animar, acalmar, focar, e tantos outros "super poderes". Não deve haver ninguém que não goste de música.
Recorro especialmente a ela quando preciso de concentração extra para trabalhar ou quando estou pela cozinha a preparar qualquer coisa para comer e podia dar um pezinho de dança.  Sabe-me "pela vida" perceber que, quando as coisas parecem não fazer sentido e estão meio "aborrecidas", há sempre uma banda sonora que pode resolver o problema.

Depois da rotina diária, é entrar pela porta do 3º esquerdo que faz magias. Como estou cansada do calor (this is news...) estes finais de dia mais frescos têm sido um consolo e uma inspiração para cozinhados mais felizes. É verdade que só me apetecem umas torradinhas e uma caneca de leite com café bem quente, mas é precisamente por serem desejos tão simples que rapidamente torno essa simplicidade num momento perfeito para fazer da cozinha uma pista de dança.
Às vezes até eu mesma penso que estou a ficar maluca. Mas é apenas felicidade. Felicidade de tudo, de estar em minha casa, das regras serem minhas, de poder tudo dentro daquelas paredes.

Bem, "tudo, tudo", q.b. Tenho vizinhos que talvez não ficassem muito satisfeitos se eu deixasse entoar os mesmos decibéis dos meus headphones pela casa toda. Por isso, a solução passa por recorrer a uns SONY h.ear on wireless que não deixam passar nada do que se passa de cá para lá, nem de lá para cá - o isolamento é qualquer coisa de estranhamente bom (sem reproduzirem nada, só de os termos nas orelhas, ficamos como se estivéssemos num estúdio ou debaixo de água, sem ruído nenhum) -, e que me deixam mexer à vontade pela casa toda sem estar preocupada com metros de fio por esticar.
Liberdade. Acho que é isso. Ouvir o que quero, dançar "como se ninguém estivesse a ver", porque é a minha casa. E sou realmente feliz por lá.
Pelo vídeo, alguém adivinha qual era a banda sonora de ontem à noite? :)

Sem comentários :

Enviar um comentário

Instagram