Nova entrada no vocabulário

| Imagem: Pinterest | 

VIVER SOZINHO - estilo de vida que envolve a auto-suficiência do indivíduo e cujas regras da casa são integralmente definidas pelo próprio; acarreta pagar todas as contas, mas é sinónimo de "liberdade total".

Conseguem perceber esta definição? Estão a captar a dimensão de introduzir esta nova definição no meu vocabulário? (Acho que até a minha vizinha da frente se está a encandear com o meu sorriso de orelha a orelha).

Há sempre aquele momento na vida em que sonhamos acordados e que nos projectamos no futuro. Não necessariamente com o auxilio de um "daqui a X anos vejo-me com...". Estou a falar daqueles itens ao estilo bucket list que ocasionalmente nos passam pela ideia e que queremos riscar algum dia - num indefinido e abstracto futuro. "Casar", "Ter filhos", "Comprar casa", milhentos outros poderiam aqui ser deixados como exemplos. 

Anos volvidos, a minha bucket list tem alterações consideráveis, mas há alguns tópicos que por lá continuam desde que me lembro. "Viver sozinha" era um deles.

Muitos conhecem a sensação de liberdade de "vir para a faculdade", eu própria senti aquela adrenalina de "sair do ninho" e viver consoante as nossas próprias regras (tanto quanto possível). Mas "viver sozinha" é outra coisa. Desde sempre que me lembro do desejo de um dia, querer viver sozinha. Mesmo quando namorava nunca quis passar de "partilhar casa com amigos" directamente para "viver com o namorado", sempre quis passar pela experiência. 

"Viver sozinho" é fazer as próprias regras, é ter total controlo da própria vida. É consumar a auto-suficiência. É ganhar todas as responsabilidades e todos os benefícios de só teres que contar contigo - ok, estou a soar extremamente individualistas, mas não me estou a isolar do mundo! - Quem vive sozinho continua a ter vida social e, se como eu os planos para o próprio espaço passarem por fazer dele um espaço de reuniões familiares e de amigos, até arrisco em como terá uma maior dinâmica na sua vida social.

Contras? Não vejo nenhuns. Bem, pensar em pagar as contas todos os meses sem ter com quem dividir não é propriamente um "pro", mas a verdade é que "me estou nas tintas" para isso. É a conquista que me enche as medidas, um sonho tornado realidade. Venha o próximo!

Sem comentários :

Enviar um comentário

Instagram