Welcome 2014

Parece que termina assim mais um ano. E que ano!
Este foi um ano cheio de emoções fortes e de acontecimentos inesquecíveis. Mas acima de tudo, foi um ano em que senti que me desliguei completamente da "jovem adulta" que ainda era e me tornei numa verdadeira "crescida".


São as nossas vivências que nos fazem tal como somos, e 2013 obrigou-me realmente a tomar as rédeas da vida. Entrei para o mercado de trabalho, acabei a minha licenciatura, desenvolvi projectos voluntariamente com uma paixão que não sonhava ter, conciliei estudos e trabalho, redescobri amizades de longa data, fiz amigos para a vida, senti pela primeira vez o que é não ter férias de verão de 2 meses, chorei muito, dancei muito, sorri ainda mais, viajei tanto quanto pude, amei, sonhei menos e fiz mais, mimei-me e mimei, apreciei mais a companhia da família, entre tantas outras coisas. 
Tenho mudado ao longo destes 21 anos, mas neste último ano senti uma transformação flagrante. Finalmente, ao fim de muitos anos, sinto-me mais inteira. Parece-me que acabou de vez a fase da adolescência em que nos estamos a descobrir, todos os dias tentamos perceber quem somos, andamos sempre angustiados e insatisfeitos com tudo. Eu não estou totalmente satisfeita, falta-me muita coisa - o que é natural tendo em conta a minha idade - mas a diferença está fundamentalmente em saber reconhecer com clareza o que quero do que não quero. Obviamente ainda tenho muito a aprender, mas então que seja para aprender assim: com anos como este ou melhores ainda.

Este ano podia não acabar, mas o que lá vai lá vai e o que foi já não será. Agora é tempo de pensar com olhos postos no futuro.

Que venha um 2014 tão memorável como 2013!



Vanessa, from A Woman's Diary

Sem comentários :

Enviar um comentário

Instagram