Cantos de Lisboa - Quinta da Regaleira

Aproveitei o feriado e fui até à Quinta da Regaleira, uma propriedade cheia de simbolismo Maçónico situada em Sintra. Realmente, este é um local a ser visitado, é impressionante a forma como cada imagem, cada escultura, cada posicionamento de objectos, cada forma, cada pormenor, tem um significado elaborado e, ao comum dos mortais, totalmente desconhecido.


Para quem não conhece, esta quinta foi adquirida por um senhor, de seu nome Carvalho Monteiro, em 1892, que entregando o projecto a Manini, a deixou quase como hoje podemos ver. O esoterismo está presente em cada canto da propriedade, este era um local de formação e iniciação dos futuros membros da maçonaria. Cada aspirante a maçom teria que se aventurar sozinho pelos gigantescos jardins da quinta seguindo cada pista oculta que, segundo a lei maçónica, o levariam a um significado que o orientava a tomar um rumo no seu percurso. É assustador pensar o quão obscuro é algo deste género, tendo em conta a época e suas crenças vigentes, os indivíduos tinham que ter um nível cultural extremamente elevado e uma dose de loucura e esoterismo ainda maiores. Só quem se desloca lá percebe o bizarro que é um desafio desta envergadura, desafio que muitas vezes se fazia à noite, sem qualquer fonte de iluminação, e, em partes, feito debaixo de terra.
É um lugar a visitar, mas aviso que é bom levar uns ténis e uma mochila com água e alguma comida, porque a caminhada é longa, vale muito a pena, acreditem. Se quiserem saber alguma coisa, podem sempre perguntar, prometo tentar ajudar.

Efectivamente este local não se situa em Lisboa, mas insere-se na sua área metropolitana, daí manter a rubrica "Cantos de Lisboa".












Sem comentários :

Enviar um comentário

Instagram